Agendamento: (79) 3045-4906. WhatsApp: (79) 99165-7758. Atendimento: San Giovanni Especialidades e Vacinas - Centro Médico Jardins, sala 104.

Lesão de ligamento cruzado sempre trata com cirurgia?

23/08/2021

[TEMPO DE LEITURA: 4 min]

 

Nós médicos usamos bastante um ditado que diz: "Na Medicina, como no amor, nem nunca nem sempre."

O objetivo dessa frase é alertar para generalizações. Todos nós sabemos que cada indivíduo carrega uma particularidade, que o faz único. Então, são essas particularidades que usamos para definir o melhor tratamento para um determinado paciente.

Claro, existem critérios mais técnicos e objetivos, mas o bom senso manda tentar aplicar isso a cada paciente, para assim, potencializar os resultados de cada tratamento.

 

Antes de responder ao título, vale uma breve introdução.

 

O que são ligamentos?

Ligamentos são estruturas que unem os ossos entre si, nas articulações (juntas), com o objetivo de promover estabilidade. Ou seja, um joelho que tem todos os ligamentos funcionantes está normal e estável. Um joelho sem um ou mais ligamentos vai apresentar graus variados de instabilidade, a depender da estrutura lesionada.

Não confunda com tendão. Tendão é aquela estrutura que liga o músculo ao osso. Veja na imagem abaixo. O tendão de Aquiles liga os músculos gastrocnêmios e o músculo sóleo ao osso calcâneo.

 

O que são ligamentos cruzados?

Ligamentos cruzados são estruturas que ficam dentro e no centro do joelho e que tem essa função de estabilização, mencionada anteriormente. São dois: ligamento cruzado anterior (LCA) e ligamento cruzado posterior (LCP). Eles são chamados de cruzados porque realmente têm sentido convergente no interior do joelho. O ligamento cruzado anterior tem a função principal de evitar que a tíbia se mova para frente, em relação ao fêmur. Já o ligamento cruzado posterior, evita o movimento contrário. Além da função de estabilização principal, os ligamentos cruzados ainda tem funções de estabilização secundária (isto é, evitam a ocorrência de outros pequenos movimentos), função de propriocepção (ajudam com o "equilíbrio", a grosso modo) e guiam o movimento do joelho. 

 

Lesão de ligamento cruzado sempre trata com cirurgia?

A resposta é um sonoro não! Se mudássemos um pouco a pergunta, talvez ficasse mais fácil de entender e até de responder.

Vejamos essa outra opção de pergunta: Lesão de ligamento cruzado que causa instabilidade tem indicação de tratamento cirúrgico? Agora melhorou e a resposta é sim. Tem indicação de tratamento com cirurgia, mas isso também não quer dizer que é esse o tratamento que o paciente irá receber! Porque nem sempre o paciente tem condições clínicas ou perfil para isso.

Muito confuso?

Então, vamos esclarecer. Já que o ligamento é responsável pela estabilidade do joelho, por que é que nem sempre as lesões são tratadas de forma cirúrgica?

A resposta é simples: primeiramente, porque nem sempre uma lesão do ligamento promove instabilidade. Ou seja, existem lesões que são parciais e que não provocam a perda da função do ligamento do joelho. Essas lesões se beneficiam de tratamento com medicamentos, repouso, medidas locais (como gelo) e fisioterapia.

Em segundo lugar, mesmo quando a lesão é parcial (causando instabilidade) ou completa, pode haver pacientes que não se beneficiarão de tratamento cirúrgico. 

Os pacientes que mais se beneficiam do tratamento cirúrgico são pacientes jovens, saudáveis, praticantes de atividade física e que desejam restaurar a estabilidade do joelho.

 

Alguém poderia então perguntar: ah, então o que importa é se a lesão é parcial ou completa?

Não. O que importa é se a função do ligamento está ou não preservada. E também importa o perfil do paciente.

Se houver lesão parcial com o joelho completamente instável, é porque o ligamento perdeu a função.

Se o paciente tiver um perfil ativo, saudável, vai se beneficiar de tratamento cirúrgico.

 

 



Veja também

Lesão de ligamento cruzado sempre trata com cirurgia?

Lesão de ligamento cruzado sempre trata com cirurgia?

23/08/2021 - [TEMPO DE LEITURA: 4 min]   Nós médicos usamos bastante um ditado que diz: "Na Medicina, como no amor, nem nunca nem sempre." O objetivo d...

Com quanto tempo se retira os pontos após uma cirurgia?

Com quanto tempo se retira os pontos após uma cirurgia?

20/08/2021 - [TEMPO DE LEITURA: 3 min]   Essa é uma pergunta cuja resposta pode variar bastante de acordo com a especialidade médica e a área de ...

Doença de Freiberg

Doença de Freiberg

25/05/2020 - Doença de Freiberg A doença de Freiberg é caracterizada pela necrose (morte de um tecido) avascular (ausência de fluxo sanguí...

Osteotomia tibial x Artroplastia Unicompartimental do joelho

Osteotomia tibial x Artroplastia Unicompartimental do joelho

24/05/2020 - A artrose é a doença articular mais prevalente e representa a principal causa de dor articular crônica. Nos Estados Unidos, estima-se uma pr...