Agendamento: (79) 3045-4906. WhatsApp: (79) 99165-7758. Atendimento: San Giovanni Especialidades e Vacinas - Centro Médico Jardins, sala 104.

Com quanto tempo se retira os pontos após uma cirurgia?

20/08/2021

[TEMPO DE LEITURA: 3 min]

 

Essa é uma pergunta cuja resposta pode variar bastante de acordo com a especialidade médica e a área de interesse no corpo.

Esse pequeno artigo pretende responder a essa pergunta, com foco nas cirurgias ortopédicas.

Antes de iniciar o artigo, deixo um pequeno dicionário de termos que, em caso de necessidade, você poderá utilizar.

 

Dicionário:

- Comorbidades: doenças ou condições associadas a uma mesma pessoa.

- Deiscência: complicação pós-operatória. Pode ser leve ou grave. Significa que os bordos do ferimento estão abrindo e se afastando, ao invés de cicatrizarem.

- Incisão: corte cirúrgico feito com o bisturi, no local do corpo onde o cirurgião precisa acessar alguma estrutura mais profunda.

- Fios de sutura: a "linha" que o médico utiliza para costurar os tecidos do corpo.

- Sutura: costura feita pelo médico.

 

Com quanto tempo após a cirurgia os pontos de sutura são retirados?

 

Após uma cirurgia ortopédica, a área onde a pele foi incisada, mais comumente, é fechada por camadas. Então, não existem apenas aqueles pontos que são visíveis. Mas por debaixo da pele, há outras camadas de pontos cirúrgicos também.

 

Essas camadas mais profundas, obviamente, são suturadas com fios específicos que dispensam a remoção após a cirurgia. Alguns desses fios são absorvidos pelo próprio corpo, enquanto outros fios são inabsorvíveis. Não é o escopo do texto falar sobre os tipos de fio de sutura. Mas o que leva o cirurgião a optar por um ou outro tipo de fio é a resistência do fio e o potencial de causar reação inflamatória local.

Na verdade, voltando ao tema central, nem mesmo a sutura da pele precisará ser removida sempre. É possível usar fios que "caem" por si só, não precisando ser removidos. Ou ainda, utilizar cola biológica ou outras técnicas que dispensam a remoção de pontos, como essa ilustrada na figura abaixo.

 

Quando há a necessidade de remoção de pontos, respondendo a pergunta que entitula o artigo, eu normalmente o faço 12 a 15 dias após a cirurgia. 

Isso vai depender de vários aspectos, como:

1) Local da incisão: se a incisão fica na topografia de uma articulação, por exemplo, é prudente esperar mais alguns dias antes de retirar os pontos, porque uma eventual retirada precoce poderia predispor a abertura indesejada do local suturado, o que aumenta o risco de infecção do spitio cirurgico.

2) Tamanho da incisão: incisões maiores, obviamente, levam mais tempo para a cicatrização completa. Desta forma, muitas vezes em caso de grandes incisões, o cirurgião vai optar por retirar parte dos pontos e observar como o ferimento se comporta, antes da retirada completa. Nesse caso, é comum, por exemplo, que os pontos sejam retirados de forma alternada (ponto sim, ponto não).

3) Aspecto do ferimento: é de fundamental importância que o cirurgião avalie a ferida operatória no dia agendado para a retirada dos pontos, para decidir se realmente está na hora de retirá-los. Eu faço questão de ver a incisão de todos os meus pacientes, ainda que seja por foto, antes de autorizar a retirada. Faz toda a diferença se a ferida está sequinha ou se está drenando secreção. Também analisamos se há necrose nos bordos do ferimento e algum sinal de deiscência.

4) Perfil do paciente: pacientes tabagistas ou com múltiplas comobirdades (como diabetes e cardiopatias), costumam demandar um tempo maior para a cicatrização completa de ferimentos.

5) Histórico: alguns pacientes apresentam história de dificuldade para cicatrizar ferimentos ou, até mesmo, ferimentos específicos que abrem de forma repetida e persistente. Nesses casos, é importante usar de muita cautela na decisão sobre o momento de se retirar os pontos.

 

Assim, já tive pacientes para os quais recomendei a retirada dos pontos com 07 dias e pacientes que levaram mais de 45 dias com os pontos. Felizmente, com paciência, bom senso e dedicação, temos conseguido excelentes resultados.

 



Veja também

Lesão de ligamento cruzado sempre trata com cirurgia?

Lesão de ligamento cruzado sempre trata com cirurgia?

23/08/2021 - [TEMPO DE LEITURA: 4 min]   Nós médicos usamos bastante um ditado que diz: "Na Medicina, como no amor, nem nunca nem sempre." O objetivo d...

Com quanto tempo se retira os pontos após uma cirurgia?

Com quanto tempo se retira os pontos após uma cirurgia?

20/08/2021 - [TEMPO DE LEITURA: 3 min]   Essa é uma pergunta cuja resposta pode variar bastante de acordo com a especialidade médica e a área de ...

Doença de Freiberg

Doença de Freiberg

25/05/2020 - Doença de Freiberg A doença de Freiberg é caracterizada pela necrose (morte de um tecido) avascular (ausência de fluxo sanguí...

Osteotomia tibial x Artroplastia Unicompartimental do joelho

Osteotomia tibial x Artroplastia Unicompartimental do joelho

24/05/2020 - A artrose é a doença articular mais prevalente e representa a principal causa de dor articular crônica. Nos Estados Unidos, estima-se uma pr...